Qual a relevância de TI para seus negócios ?

Ao digitar "relevância de TI para negócio" retornaram 43milhões e 600mil resultados indexados no Google.

O assunto é de fato muito IMPORTANTE mas o conteúdo retornado pelo google nos dá uma amostra de que, como FATOR CRÍTICO DE SUCESSO e HABILIDADE MANDATÓRIA dos gestores seniores,  temos um grande GAP.

É preciso reduzir esse GAP de (des)conhecimento dos CEO's da relevância de TI para os negócios (leia-se : distanciamento do planejamento e execução de atividades de TI por parte dos executivos de TI e de seus superiores - CEO's, CFO's, COO'c e outros)

Vejam se conhecem esse filme :

Para muitas empresas, a TI se preocupa apenas em suportar com infraestrutura o crescimento dos negócios, é um departamento de suporte importante mas com pouca  relevância estratégica para a geração de valor...

Muitos gestores de TI se tornam reféns de suas infraestruturas complexas, montadas ao longo dos anos, e que hoje, tomam toda atenção não permitindo que se preocupe com as questões relativas ao negócio.

REPETIR ESSE FILME É CAMINHAR PARA A DERROCADA!

Cenário Competitivo Atual :

A cada dia que passa,  o sucesso nos negócios está mais atrelado a TI, amplificando sua relevância e exigindo de gestores seniores (atuais clientes internos) que se aprofundem no assunto e SUPORTEM as mudanças que o negócio demanda via transferência de "Know-How" e investimentos em Governança Corporativa.

Nos últimos 30 anos, os executivos que galgaram a posição de CEO ou Presidente de empresas, normalmente vinham de áreas tais como : COMERCIAL, FINANÇAS ou INDUSTRIAL/TÉCNICA.

ANOTEM :

Nos próximos 10 anos, veremos cada vez mais Executivos de TI, CIO's e assemelhados ocupando a cadeira de Presidente.
Ganharão destaque aqueles que de maneira articulada e consistente, conseguirem sensibilizar gestores departamentais a buscar alternativas de como elevar a maturidade da TI para atingir níveis que possam auxiliar estrategicamente o negócio.

É um papel que exige compromisso "TOP-DOWN". É preciso disseminar o conhecimento de  frameworks como COBIT,ITIL, PMBOK, etc, que, de forma consistente, auxilia a implantação de uma camada governança na TI permitindo aos gestores elevarem a percepção de que a TI é fator crítico de sucesso para gerar valor ao negócio.

Num mundo globalizado e totalmente conectado, podemos repensar a velha frase :

"A propaganda é a alma do negócio" … e reescrevê-la :

"A gestão de TI é a alma do negócio" afinal, onde está a propaganda num mundo totalmente digital?